Skip to content
Dropshipping Amazon: um guia completo para vender online

Dropshipping Amazon: um guia completo para vender online

Artigo por Nicole Martins Ferreira

Você trabalha com o e-commerce no Brasil? Então é bem provável que esteja trabalhando com uma loja virtual própria – ou então com marketplaces como o Mercado Livre.

Se você se encaixa mais nessa segunda opção, provavelmente já deve ter considerado a possibilidade de anunciar seus produtos na Amazon.

A empresa, afinal, está vivendo seu melhor momento dos últimos três anos, e recentemente registrou um lucro líquido de US$ 8, 11 bilhões. Além disso, é um espaço confiável, que construiu uma boa reputação no mercado mundial.

Vem de Drop com o Oberlo!

Comece agora seu negócio online de dropshipping e venda sem estoques.

Abra a sua loja

Mas... Você sabe como vender na Amazon? Sabe se existe a possibilidade de fazer dropshipping Amazon?

Este guia de Amazon dropshipping vai responder todas as perguntas sobre o tema. Continue a leitura para saber como vender na Amazon – e como fazer isso dentro do modelo de dropshipping!

Atenção: Ainda não é possível fazer dropshipping Amazon por meio do Oberlo. Mas, se você é lojista da Shopify, já pode habilitar o canal de vendas Amazon – que atualmente está disponível apenas para lojas que vendem também em USD e CAD (dólares canadenses).

O que é dropshipping?

infográfico explicando como funciona o Oberlo

O dropshipping é um modelo de negócios no qual o responsável pela loja virtual não precisa fazer o estoque físico de produtos – e nem ficar responsável pelo processamento e envio dos pedidos para os clientes.

Essas duas etapas, assim como as etapa de fabricação e confecção dos produtos, ficam por conta do fornecedor. Como lojista, a sua função é não só manter o site da loja sempre atualizado, mas também fazer todo o gerenciamento das estratégias de marketing digital, dos serviços de pagamento online habilitados na loja e, claro, cuidar do atendimento ao cliente.

Gostou? Dá uma conferida no vídeo abaixo para saber mais sobre o assunto:

Se quiser saber mais sobre como vender via dropshipping no Brasil, vale a pena conferir o nosso guia jurídico sobre o tema.

Dica exclusiva do Oberlo: Aproveite o embalo! Agora pode ser um bom momento para você encontrar bons fornecedores de dropshipping.

Dropshipping Amazon: perguntas e respostas

Embora o dropshipping nacional e o dropshipping internacional já sejam praticados no Brasil há alguns anos, ainda permanecem algumas dúvidas sobre o tema – ainda mais quando as palavras “dropshipping Amazon Brasil” aparecem reunidas na mesma frase.

Vejamos, então, as três perguntas (e respostas) para as dúvidas mais frequentes sobre o tema Amazon dropshipping.

Como funciona o processo de compra e venda na Amazon?

A Amazon é um dos maiores e-commerces do mundo – e um dos motivos para sua imensa popularidade está no fato de que o site se transformou em uma plataforma na qual outras lojas e marcas também podem vender seus produtos.

Em outras palavras: a Amazon é, atualmente, um canal de vendas para lojas de todos os cantos do mundo.

Se você quer saber como vender na Amazon, pode respirar com calma porque o processo é bem simples. A primeira coisa a fazer é criar uma conta na Amazon Seller Central e esperar a autorização da plataforma.

Atenção: nem todos os produtos são autorizados, então muito cuidado na hora de fazer o cadastro, ok? Para evitar surpresas, vale a pena conferir as categorias e nichos de produto que são aceitos na plataforma.

Dropshipping Amazon Brasil: como fazer?

Os serviços de dropshipping Amazon funcionam por meio do programa FBA – Logística da Amazon. A descrição do serviço vem do próprio site da Amazon:

Com o programa FBA - Logística da Amazon, você envia os produtos para os centros de distribuição da Amazon, e nós os coletamos, empacotamos, enviamos e fornecemos atendimento ao cliente para esses produtos. 

A grande diferença entre o dropshipping tradicional e o dropshipping Amazon, então, é que você trabalha diretamente com a Amazon – e com os fornecedores da Amazon.

A vantagem de usar o FBA para uma iniciativa de Amazon dropshipping é que os prazos de entrega da empresa são, como você já deve saber, extremamente competitivos – uma vantagem e tanto num cenário tão movimentado como o e-commerce.

Se quiser saber mais sobre como funciona esse processo, vale a pena conferir a página de ajuda dedicada da Shopify.

É legal fazer dropshipping Amazon?

Sim – mas você vai precisar seguir algumas diretrizes impostas pela Amazon.

Para fazer dropshipping Amazon, você deve:

  • Ser o vendedor registrado (e o responsável) pelos produtos que estão sendo anunciados na loja. No caso do dropshipping, isso significa que as transações com a Amazon precisarão ser controladas por você e não pelos fornecedores
  • Ser o vendedor listado nos registros e etiquetas de envio dos pedidos
  • Ser o responsável por aceitar e processar os pedidos de devolução e troca
  • Estar de acordo com as demais estipulações listadas pela Amazon no momento do registro da loja

Se você ficou na dúvida, aqui vão dois exemplos de dropshipping que não são aceitos dentro do modelo Amazon dropshipping:

  • Comprar produtos de outros varejistas online e pedir que esses varejistas façam o envio dos pedidos diretamente para a Amazon
  • Enviar encomendas com faturas, etiquetas de envio ou outras informações que listem outro vendedor que não você

Benefícios do dropshipping Amazon

Já ficou claro que o dropshipping Amazon não funciona da mesma forma que o dropshipping tradicional, né?

A grande diferença, afinal, é eu você não via poder trabalhar com o seu fornecedor dentro da Amazon: como a Amazon será a responsável pelo processamento e envio dos produtos (e pelo atendimento ao cliente durante a jornada de compra), você terá que construir primeiro um pequeno estoque de produtos e então enviar tudo para a Amazon – ou então trabalhar exclusivamente com os fornecedores da Amazon.

Mas... Quais são as vantagens desse tipo de dropshipping, afinal?

Você não paga pelo estoque de produtos

Com o programa FBA - Logística da Amazon, você não precisa pagar pelo estoque e pelo armazenamento de produtos.

Isso significa que, se você estiver comprando de produtos de fornecedores externos, precisará pagar apenas pelo frete desses produtos até a central da Amazon (no Brasil, o centro de FBA fica em São Paulo).

Possibilidade de trabalhar com fornecedores da Amazon

A Amazon adquire milhares de produtos com fornecedores europeus, o que significa que você também pode optar por trabalhar exclusivamente com esses fornecedores e, dessa forma, evitar o gasto que mencionamos ali em cima.

Além de contar com uma variedade imensa de produtos, você certamente vai poder contar com taxas mais interessantes na hora de fazer a compra.

Imenso potencial de alcance

Você conhece alguém que ainda não tenha comprado alguma coisa na Amazon?

Pois é: a gente pode até tentar, mas não tem como bater os prazos de entrega e os valores que são anunciados na plataforma. Quando você entra para o Amazon dropshipping, sua loja começa a usufruir de todas essas vantagens: além de um amplo público, a marca ainda vai poder contar com taxas de frete e prazos supercompetitivos.

E também vale a pena destacar que esse potencial de alcance pode se traduzir em bons níveis de tráfego orgânico para a sua loja virtual e para os perfis da marca nas redes sociais – nada mal, né?

Variedade de nichos para fazer dropshipping Amazon

A Amazon Brasil possui 16 categorias de produto, e você pode trabalhar com quantas quiser.

E a melhor parte? Você vai poder contar com os fornecedores diretos da Amazon para adquirir todos os produtos, garantindo assim itens de grande qualidade.

Como vender na Amazon com dropshipping: 6 passos

Como vender na Amazon com dropshipping: 6 passos

1. Escolha uma plataforma de e-commerce

O primeiro passo para quem quer fazer Amazon dropshipping é escolher uma plataforma de e-commerce na qual hospedar sua loja virtual.

Como a gente mencionou ali em cima, a Shopify é uma excelente alternativa, até porque já possui um canal de vendas integrado.

2. Escolha os produtos certos para fazer dropshipping Amazon Brasil

Para fazer dropshipping com o programa FBA - Logística da Amazon, você vai precisar trabalhar com ao menos uma das 16 categorias de produto aceitas. Algumas dessas categorias, como vestuário, produtos para escritório e eletrônicos, não precisam de autorização para começar a vender.

Confira a lista completa de nichos autorizados para dropshipping Amazon antes de abrir sua conta, ok?

Dica exclusiva do Oberlo: Quer trabalhar com o nicho de moda? Então não se esquece de conferir o nosso guia para abrir uma loja de roupas em apenas 10 passos.

3. Crie uma conta na Amazon

Muita gente que se pergunta como vender na Amazon acaba desistindo do processo porque acredita que a plataforma só tem espaço para lojas de grande porte – mas a verdade é que há espaço para lojistas de todos os tamanhos.

Dentro do programa FBA - Logística da Amazon, você pode optar pelo plano Profissional ou então pelo plano Individual (perfeito para quem vai vender até 10 itens por mês).

Só não se esqueça de que esses planos são pagos – e que você precisará levar esses gastos em conta na hora de fazer o seu controle financeiro empresarial.

Na hora de criar a sua conta no Seller Central para fazer dropshipping Amazon, você precisará inserir seu e-mail, nome e senha. A segunda etapa de cadastro também envolve o preenchimento de algumas informações adicionais sobre o seu negócio, bem como algumas informações fiscais.

Acesse a página de preços da Amazon para saber mais sobre o processo.

4. Consiga aprovação para vender os produtos

Embora alguns nichos não precisem de autorização prévia, existem outros que precisam de aprovação prévia da Amazon – como os nichos de livros, videogames e bebidas alcoólicas.

Verifique se os nichos com os quais você pretende trabalhar no Amazon dropshipping precisam de aprovação e dê início ao processo antes de seguir para o próximo passo.

5. Configure o canal de vendas para fazer dropshipping Amazon na Shopify

Depois de criar a conta e receber a aprovação para vender via dropshipping Amazon, é hora de configurar o canal de vendas para integrar sua loja Shopify à Amazon.

Para fazer isso, acesse o painel de admin da sua loja e clique no botão “+” ao lado da opção “Canais de vendas”, disponível no menu lateral esquerdo.

Se o canal de vendas Amazon não for exibido no pop-up, é só clicar na opção “Acessar a App Store da Shopify”. Essa ação vai redirecionar a página para a App Store, e lá você vai poder escolher o canal de vendas que deseja incluir na loja.

Depois disso, é só começar o processo de importação e configuração das páginas de produto.

6. Como vender na Amazon: comece a investir em estratégias de marketing

Bom, você sabe que não adianta de nada fazer todo esse processo se a sua loja continuar invisível para o público, né?

Por isso mesmo, o último passo para trabalhar com Amazon dropshipping é começar a investir em campanhas de marketing com o objetivo de gerar tráfego orgânico para a loja. A nossa recomendação é apostar no Facebook Ads, no TikTok app e no Instagram.

Bônus: 5 estratégias para ter sucesso com o Amazon dropshipping

Não basta apenas saber como vender na Amazon – é preciso também ter alguns recursos na manga. Confira as 5 estratégias que separamos para ajudar você a vender mais fazendo dropshipping Amazon.

Conquiste a Buy Box (Oferta em destaque)

A Buy Box é o botão que inicia o processo de compra sempre que um cliente acessa uma página de produto da Amazon – e é essencial que você consiga conquistar essa posição.

Na imagem abaixo, dá para ver um pouquinho como esse botão funciona na prática:

Vamos supor que uma pessoa está interessada em comprar um smartwatch via Amazon. Depois de fazer uma pesquisa, ela encontra o item acima – e, depois de verificar o preço e o prazo de entrega, ela só precisará clicar em “Comprar agora” para concluir a compra.

É ali que a sua loja precisa aparecer (ou então, n máximo, nas duas lojas que costumam ser listadas como outras opções).

E, para conseguir isso, você vai precisar da ajuda das 4 estratégias a seguir.

Não confie só na Amazon

Se você já trabalha com outros marketplaces, sabe que não vale a pena colocar todos os seus ovos em uma única cesta – por isso mesmo, pode ser uma boa ideia explorar outras soluções e outras plataformas para complementar as vendas realizadas via Amazon dropshipping.

Com a Shopify, por exemplo, você pode ampliar o alcance da sua loja usando diversos canais de venda ao mesmo tempo:

Tente conquistar uma avaliação positiva de 95%

Para conquistar o espaço da Buy Box, o ideal é que a sua loja de dropshipping Amazon tenha uma avaliação positiva de 95% ou mais.

A conta é bem simples: quanto mais bem-avaliada for a loja e quanto maior for a popularidade dela, maiores as chances de que ela apareça em posições de destaque dentro da Amazon.

Invista em estratégias de SEO

Quem já tem alguma experiência com e-commerce conhece a importância de uma boa estratégia de SEO: para garantir que sua loja seja encontrada via buscas orgânicas, é crucial que os conteúdos do site estejam otimizados com palavras-chave relevantes.

Com o Amazon dropshipping, a coisa não é muito diferente. Otimize as páginas de produto e os títulos de cada item com palavras-chave de alto volume de busca – e, se possível, tente incluir o nome da marca logo no início do nome do produto. Isso aumenta as chances de que pessoas que já conheçam sua loja nas redes sociais encontrem o produto.

Construa uma boa estratégia de precificação

A precificação de produtos é uma etapa importante no funcionamento de qualquer negócio, e é crucial para quem quer saber como vender na Amazon.

Na hora de calcular os preços que serão praticados no seu dropshipping Amazon, não se esqueça de incluir na conta as tarifas cobradas pela plataforma, ok? O ideal é alcançar um valor que não deixe a loja entrar no vermelho e consiga gerar um pouquinho de lucro ao final do mês.

Dropshipping Amazon: 4 ferramentas

Aqui vai uma listinha com algumas ferramentas que podem ser úteis na hora de começar a fazer dropshipping na Amazon.

Ubersuggest: O Ubersuggest é uma boa ferramenta SEO que funciona de forma gratuita. Use-a para descobrir as palavras-chave mais relevantes para o seu nicho e otimizar as descrições de produto.

Dica exclusiva do Oberlo: Confira também a nossa lista com as melhores ferramentas de SEO para e-commerce.

FeedCheck: O FeedCheck é uma excelente ferramenta para reunir todos os feedbacks e avaliações de produto que você receber via Amazon – e a melhor parte é que também dá para monitorar as avaliações de produto dos concorrentes. Só não se esqueça de que ela é paga, ok?

Shopify: Você pode usar a Shopify para realizar a integração entre sua loja virtual e o canal de vendas Amazon.

Sellery: Apesar de estar disponível apenas em inglês, o Sellery pode ser um excelente recurso para lojistas que querem reformular as estratégias de preço e garantir a Buy Box (Oferta em destaque). Vale aproveitar, até porque ele é gratuito!

Dropshipping Amazon: resumo

O dropshipping Amazon é uma alternativa para quem quer expandir suas operações de dropshipping no Brasil, pois permite trabalhar diretamente com os fornecedores e serviços da Amazon. Ainda não é possível trabalhar com o Oberlo de maneira integrada à Amazon, e na Shopify a alternativa só é viável se você estiver vendendo internacionalmente.

Quer saber mais?

Conteúdos relacionados