Como anunciar no TikTok: guia para e-commerce

Você sabe o que é TikTok? Ou nunca nem ouviu falar?

O Tik Tok é a última tendência dentro do mundo das redes sociais: com conteúdos interativos e prontos para consumo imediato, ele vem conquistando milhões de novos usuários todos os dias – e muitos empreendedores já estão se perguntando como ganhar dinheiro no TikTok.

Com 500 milhões de usuários ativos no mundo todo, o TikTok é o sonho de qualquer lojista que quer expandir o alcance da loja, conquistar um novo público e fidelizar clientes que já compraram ao menos uma vez.

Mas, como é que funciona a publicidade no app? E será que mesmo as lojas de pequeno porte podem ter sucesso anunciando por lá?

Se você já andou fazendo essas mesmas perguntas mas ainda não sabe como começar a explorar o TikTok app e todos os recursos que ele pode oferecer, não se preocupe: nós viramos o app de cabeça para baixo e, com as informações coletadas, criamos este guia.

Hoje, vamos descobrir:

  • como exatamente funcionam os anúncios no TikTok;
  • quais são os segmentos de clientes que usam o app;
  • quais são os principais recursos disponíveis para você, lojista.

O que é TikTok? Algumas definições importantes

a bunch of teenagers sit on a street all looking at their phones

O TikTok é uma rede social que permite criar e visualizar vídeos de curta duração. Esses conteúdos geralmente incluem músicas famosas ou trilhas sonoras personalizadas.

Parte da popularidade do TikTok app não vem do fato de que é possível criar uma conta para interagir apenas de modo passivo, assistindo os conteúdos de outros usuários sem necessariamente ter que postar nada – mas sim da facilidade para criar vídeos na plataforma.

Mas, antes de começarmos a discutir os recursos do app, precisamos falar de onde o TikTok surgiu – e como ele chegou à cobiçada posição de quarta rede social mais popular do mundo.

O TikTok é propriedade da ByteMedia, que em 2016 havia lançado uma versão chinesa do app, chamada Douyin. Um ano mais tarde, a marca lançou um novo app com o mesmo software do Doyuin – o TikTok.

Pouco tempo depois, a ByteMedia comprou o app Musical.ly, que permitia criar vídeos a partir de músicas famosas; em agosto de 2018, a marca combinou o TikTok com o Musical.ly, e não demorou muito até o novo app caísse no gosto da internet.

Um fator que pode explicar o crescimento repentino do TikTok é o fato de que a plataforma se transformou em um espaço para novos talentos: músicos e bandas agora criam vídeos no app usando, como música de fundo, uma canção ou melodia autoral.

O sucesso desses artistas independentes é impressionante: o TikTok já até lançou uma espécie de programa de calouros dentro da plataforma, embora o recurso ainda esteja disponível apenas no Japão e na Coreia do Sul.

O potencial do app para monetização, portanto, é óbvio – e não demorou muito até que os gigantes do comércio descobrissem isso.

Em setembro de 2019, a NFL firmou uma parceria de longo prazo com o TikTok para compartilhar destaques e outros conteúdos exclusivos dos jogos com os usuários do app; na mesma época, algumas celebridades do mundo real, como o Will Smith e a banda de K-pop BTS, começaram a estabelecer perfis de sucesso na plataforma.

Quem usa o TikTok app?

Mas… Quem é que está assistindo esses conteúdos?

Bom, você já deve ter imaginado: pessoas com menos de 30 anos. Na verdade, quase metade dos usuários do TikTok tem entre 16 e 24 anos.

E, como essa geração tem um poder de compra bem alto, dá para entender a importância de anunciar dentro do app.

four teenage girls walk towards the camera smiling

Agora que já explicamos o que é TikTok, da onde ele surgiu e quem são os usuários do app, está na hora de discutirmos outro tema de altíssima relevância para lojistas e empreendedores,

Como anunciar no TikTok

Antes de começar a bolar estratégias de publicidade, é bom lembrar que o app só foi oficialmente lançado da forma como o conhecemos hoje no final de 2018.

Com pouco mais de um ano de funcionamento, o TikTok ainda não é um canal de vendas como o Instagram – e isso significa que ainda há espaço para modificações que podem alterar totalmente as campanhas de marketing de uma loja.

Por ora, no entanto, a sua marca pode usar o app de 4 formas diferentes:

1. Criar um perfil

Se você não está com um orçamento muito folgado, a melhor estratégia a seguir é criar um perfil, começar a produzir conteúdo e conquistar seguidores.

Só tem um problema: você vai precisar se equilibrar na corda bamba que é promover uma marca e ainda por cima conquistar seguidores, já que a grande maioria dos usuários não acessa o TikTok para assistir anúncios e comerciais – mas sim para consumir conteúdos de qualidade.

Antes de baixar o app no seu smartphone, você precisa primeiro entender o tipo de conteúdo que o seu público-alvo quer assistir (e nós vamos te ajudar no processo.

2. Anúncios pagos: TikTok Ads

Screenshots of a TikTok ad campaign from Guess

Apesar de ser a opção mais óbvia, investir em anúncios pagos dentro do TikTok não é tão simples quanto parece – até porque o recurso ainda não está disponível em todos os países (e, naqueles que está, possui um valor um pouco salgado).

Se você quiser investir nesta estratégia, é bom lembrar que os anúncios podem ser exibidos de diversas formas:

  • Anúncios de pré-rolagem: vídeos que são exibidos assim que o usuário abre o app;
  • Anúncios no feed: vídeos que são exibidos ao longo da navegação;
  • Desafios e concursos com hashtags: vídeos que incentivam os usuários do app a enviarem conteúdos próprios com a hashtag da marca;
  • Filtros exclusivos: um filtro exclusivo para os usuários, similar aos que vemos no Snapchat e no Instagram, mas com informações específicas da marca.

O maior problema, como dissemos ali em cima, é o preço dos anúncios pagos no TikTok, o que faz da estratégia uma exclusividade acessível para apenas para um grupo seleto de empreendedores. Atualmente, o espaço está totalmente dominado pelos gigantes do mercado, como o McDonald’s e a Universal Pictures.

3. Trabalhar com influenciadores digitais

Trabalhar com um influenciador pode ser uma boa solução para lojistas que não querem gastar rios de dinheiro com a publicidade paga da plataforma e também não querem criar seus próprios vídeos do TikTok.

O marketing de influência, como sabemos, se firmou como uma das melhores estratégias de publicidade nas redes sociais, e atualmente é o queridinho até mesmo das grandes marcas.

Mas, diferente do que acontece nos Stories do Instagram, as campanhas de vídeo do TikTok ainda não possuem integrações diretas com outros canais de compra. Isso significa que você vai ter que pedir ao influenciador para incluir o link da sua loja na bio do perfil ou então nos comentários da publicação – algo que pode afetar drasticamente o sucesso da campanha.

4. Criar vídeos “compráveis” da marca no TikTok

Se você já usa o TikTok há algum tempo, provavelmente deve ter escutado a fofoca de que em breve a plataforma vai lançar o recurso de vídeos “compráveis”, similar ao que existe hoje no Instagram.

Esse recurso de fato existe: ele já funciona no Doyuin há algum tempo mas, no TikTok, ainda está em fase de testes, sendo utilizado apenas por alguns influenciadores de elite da plataforma.

Tal como no Instagram, onde é possível incluir a opção de deslizar para cima nos Stories, o recurso do TikTok vai possibilitar a inclusão de URLs nos vídeos; dessa forma, o usuário só vai precisar clicar no link para ser automaticamente redirecionado.

Como o TikTok app ainda não liberou a data de lançamento desse novo recurso, é difícil saber quando ele vai poder ser utilizado como uma estratégia real de publicidade.

Qualquer que seja a estratégia escolhida, no entanto, é importante lembrar do seguinte:

A maioria dos usuários do TikTok cresceu com a internet, o que significa que eles são também mais exigentes com o tipo de conteúdo que consomem. As novas gerações não querem saber de anúncios tradicionais com uma mensagem simplista: elas querem algo que esteja de acordo com o estilo de vida que levam e com os valores que carregam.

Qual é, então, a melhor estratégia do TikTok para empresas?

Simples: aproveitar ao máximo os recursos que o app já possui.

Marketing no TikTok: como usar os recursos do app

Diferente do que acontece em outras redes sociais, como o Facebook e o Twitter, os usuários do TikTok criam e consomem conteúdos com base nas tendências virais e nos memes mais populares da internet.

Isso significa que a rotatividade de conteúdos é bem alta – o que era popular na semana passada pode deixar de ser relevante em poucas horas, e por isso mesmo é essencial estar sempre a par do que está prestes a explodir no mundo dos memes.

E, ainda que os conteúdos originais sejam altamente apreciados dentro do app, conteúdos que reproduzem, ampliam ou simplesmente fazem graça de algo popular também são bem-recebidos.

Com isso em mente, está na hora de listarmos os tipos de conteúdo que você pode criar no TikTok:

Desafios com hashtags exclusivas

A internet está cheia dos “desafios”: uma pessoa cria um vídeo fazendo alguma atividade ou ação específica e incentiva as outras a recriarem a situação, usando uma hashtag exclusiva.

Qualquer pessoa pode começar um desafio – mas não há como saber se o conteúdo vai viralizar ou não.

Dentro do TikTok, é possível criar uma campanha baseada em um desses desafios com hashtags exclusivas que redirecionam os usuários para micro-sites ou endereços temporários, nos quais eles podem comprar os produtos da loja.

Além de ser um recurso por tempo limitado (o que torna a proposta mais atraente para os consumidores), essa estratégia também permite que o usuário possa realizar uma compra sem nem precisar sair do app.

Se você por acaso se deparar com um desafio compatível com a identidade da sua marca, pode ser uma boa ideia entrar na onda e criar um conteúdo próprio com aquela hashtag. Apesar de não garantir vendas, esse movimento pode acabar dando mais visibilidade ao seu perfil.

Criar e reaproveitar sons

Possivelmente um dos vestígios mais marcantes do Musical.ly, a presença de sons nos vídeos do TikTok é marcante – tanto que já faz parte da identidade da plataforma.

Esses sons podem ser trechos de canções, discursos, diálogos de séries de TV e filmes ou até mesmo comentários do próprio usuário. O grande barato é que, uma vez utilizado, esse som fica salvo no app e disponível para ser usado por qualquer pessoa.

O potencial de viralização disso é enorme, e o TikTok de fato já catapultou alguns usuários para a fama. Antes de ficar 19 semanas nos 100 mais tocados da Billboard, o hit “Old Town Road”, de Lil Nas X, já era queridinho dos usuários do TikTok.

Os sons também podem ser usados em conjunto com outros recursos da plataforma, como as hashtags que discutimos anteriormente, e com os desafios de dança.

Desafios de dança

Dada a forte presença da música dentro do TikTok, não é de se espantar que a dança também tenha um espaço consolidado dentro da plataforma – especialmente no formato dos desafios de dança.

Os desafios de dança funcionam da seguinte maneira: um criador de conteúdo faz um vídeo com uma coreografia elaborada, engraçada ou inusitada, e os demais tentam imitar o vídeo original (ou modificá-lo de alguma forma).

Vejamos o exemplo do “The Git Up challenge”, ou desafio do “The Git Up”: os usuários eram desafiados a dançar uma pequena coreografia ao som da música “The Git Up”, do artista Blanco Brown.

Curiosamente, o desafio não foi criado pelo cantor, mas sim por um usuário do TikTok – e os vídeos com a hashtag #thegitup acabaram recebendo mais de 157 milhões de visualizações só na plataforma!

E a música original? Ela foi tocada mais de 127 milhões de vezes só no Spotify.

É difícil saber o que vai ou não viralizar – e, no caso da música “Chinese New Year”, da banda Sales, o que viralizou mesmo foram os resultados do desafio. Como a coreografia era relativamente simples, os usuários começaram a fazê-la nas situações mais inusitadas possíveis.

Além de ser incrivelmente popular, o desafio também ajudou a impulsionar a banda, que aumentou consideravelmente o número de seguidores e streams no Spotify.

Duetos e filtros

O TikTok conta com uma enorme variedade de filtros e outros efeitos especiais para a customização de vídeos.

Os duetos são especialmente populares, pois permitem que o usuário grave dois vídeos para serem exibidos de forma conjunta. Eles geralmente são utilizados quando um usuário tenta replicar ou reproduzir algo que foi feito por outra pessoa, mas também funcionam muito bem quando são “comentários” ou reações ao vídeo original.

Os filtros também são bem legais, até porque o TikTok está sempre criando efeitos novos que podem auxiliar (e muito) a criação de conteúdos.

Se você quiser construir conteúdos próprios, preferir contratar alguém para fazer isso ou mesmo decidir trabalhar com um influenciador, já sabe o tipo de ferramentas que estarão disponíveis para uso.

No entanto, vale lembrar que, com o TikTok, tudo ainda é muito novo: pode ser que daqui a uns meses a lista de recursos tenha dobrado de tamanho, ou que o app tenha criado coisas que ainda não vimos nem no Instagram. Por isso mesmo, vale a pena ficar alerta e acompanhar de perto o desenvolvimento da plataforma.

Como usar o aplicativo TikTok: é só sintonizar

Se nenhum dos formatos e recursos acima combinar com a sua marca, vale a pena dar uma navegada pelo TikTok para tentar descobrir outras tendências, formatos, sons e hashtags que talvez façam mais sentido para os seus produtos.

Mais do que o YouTube e as outras redes sociais, o TikTok é um espaço de criatividade e de criação; e, talvez por isso mesmo, tenha tanto potencial quando o assunto é a divulgação de campanhas publicitárias.

E, como a plataforma ainda está dando seus primeiros passos, estamos todos tateando no escuro, tentando descobrir qual a melhor forma de criar anúncios dentro do app.

Uma coisa, no entanto, é certa: o espaço para isso existe, e ele vale ouro.

Por isso mesmo, está na hora de arregaçar as mangas e começar construir uma presença forte para a sua marca.

Agora que você já sabe o que é TikTok, não se esqueça de sintonizar e dançar de acordo com a música: os usuários da plataforma estão buscando vídeos engraçados, interessantes e cativantes – e, para conquistá-los, você vai precisar seguir esses requisitos.

Lembre-se: marca nenhuma consegue construir uma presença sólida nas redes sociais do dia para a noite. É necessário paciência, perseverança, coragem e, claro, criatividade.

Boa sorte!

Quer saber mais?

Nós usamos cookies para melhorar o desempenho do site e criar uma experiência de navegação totalmente exclusiva. Se você aceitar navegar pelo nosso site, estará aceitando também a nossa política de privacidade.